Porto Velho / RO - sábado, 25 de setembro de 2021
(67) 99967-8787

A Polícia Federal, em conjunto com o Exército Brasileiro, realizou a primeira fase da Operação Palimiú

Publicado em: 07/06/2021 - 5:14

Entre os dias 12 de maio e 4 de junho, a Polícia Federal, juntamente com o Exército Brasileiro, desativou sete garimpos ilegais na Comunidade Indígena Palimiú.

Foram inutilizados 35 motores de propulsão, 11 geradores de energia, 1 embarcação, 4500 litros de óleo diesel, 1 solda elétrica e a apreensão de 50 munições cal 20, 4 munições cal 38 e 750 g de mercúrio.

A ação faz parte da primeira fase da Operação Palimiú, que ocorre em conjunto com o Exército Brasileiro, o IBAMA, a FUNAI e o Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI/Yanomami), desenvolvida na comunidade indígena Palimiú e em áreas de garimpos próximas, todas dentro da Terra indígena Yanomami.

O objetivo da Polícia Federal é investigar as ações de garimpeiros ilegais contra a comunidade, promover a desintrusão de garimpeiros da terra indígena Yanomami e combater os crimes ambientais de garimpo, que provocavam a degradação do meio ambiente no entorno de Palimiú.

Os ataques ocorridos no mês passado contra indígenas em Palimiú seguem em investigação pela Polícia Federal.

 

Fonte: Ascom PF

Desenvolvido por Argo Soluções