Porto Velho / RO - segunda-feira, 20 de setembro de 2021
(67) 99967-8787

O dia na história- bom dia 11 de setembro! Comemora-se

Publicado em: 11/09/2021 - 9:53

COMEMORA-SE

Dia Nacional do Cerrado. Assinatura da Lei do Código do Consumidor, em 1990. Dia do Árbitro Esportivo.

Católicos lembram Nossa Senhora de Coromoto, padroeira da Venezuela. São João Gabriel Perboire. São Proto, São Jacinto e São Boaventura de Barcelona.

RONDÔNIA

1788 – Falece, D. José Francisco Xavier de Paula Domingos António Agostinho Anastácio, “Príncipe da Beira”, patrono do Real Forte do Príncipe da Beira. 1961 – Ênio dos Santos Pinheiro toma posse como governador do Território Federal do Guaporé, o 13º desde a criação do Território em 1943.

BRASIL

1823 – Falece Hipólito José da Costa, jornalista criador do primeiro jornal brasileiro (editado em Londres), o Correio Braziliense, ou “Armazém Literário”, que teve 29 edições.  1836 — Proclamada a República Rio-Grandense pelos rebeldes durante a Guerra dos Farrapos.

MUNDO

1792 — O diamante Hope é roubado junto com outras joias da coroa francesa. 1903 — Primeira corrida no Milwaukee Mile (EUA), no autódromo mais antigo do mundo. 1944 — II Guerra Mundial: começa a invasão da Alemanha pelos Aliados Ocidentais, na cidade de Aachen. 1973 — No Chile  o general Augusto Pinochet lidera um movimento militar e derruba o presidente Salvador Allende, assumindo o governo. 1997 — A sonda espacial Mars Global Surveyor da NASA chega a Marte.

FOTO DO DIA

1983. Deputados estaduais, eleitos em 1982,  que escreveram a primeira Constituição do Estado de Rondônia,  participam de uma das sessões de discussão do documento. Na fila de baixo, da direita para a esquerda, José do Prado, Arnaldo Martins e Heitor Costa. Em cima, da esquerda para a direita, Jacob Atallah, Francisco Nogueira e, meio encoberto, Walter Bártolo que não assinou a Carta porque, na condição de suplente, na votação do documento final deu o lugar ao titular Walderedo Paiva que se afastara para assumir a Secretaria de Segurança do Estado. Do grupo só dois estão vivos ainda, José do Prado e Heitor Costa.

Autor:  Lúcio Albuquerque

Desenvolvido por Argo Soluções