Porto Velho / RO - quarta-feira, 4 de agosto de 2021
(67) 99967-8787

Lenha na Fogueira com a visita do Ministro do Turismo Gilson Machado a Rondônia

Publicado em: 03/07/2021 - 10:57

Na manhã de ontem, sexta feira dia 02, o governador Marcos Rocha recebeu o Ministro do Turismo Gilson Machado Neto que veio a Porto Velho participar do I Workshop Supera Turismo.

**********

A abertura do evento aconteceu na Praça do Palácio Rio Madeira em Porto Velho com a presença do governador Marcos Rocha, do Superintendente da Setur Gilvan Pereira Júnior além de secretário de turismo dos estados da Amazônia e dos municípios de Rondônia além de vereadores, vice-prefeito de Porto Velho Maurício Carvalho e da Deputada Federal Mariana Carvalho e outras autoridades.

**********

Na oportunidade o Ministro fez a entrega de um cheque no valor de Dois Bilhões e Duzentos Milhões de Reais ao representante da Caixa Econômica.

**********

“O evento tem o objetivo apresentar estratégias empreendedoras para fortalecer, impulsionar e acelerar as atividades turísticas no estado”, disse o Superintendente da Setur Gilvan Pereira Junior.

***********

Ao deixar o palácio do governo, o Ministro Gilson visitou o complexo da Estrada Ferro Madeira Mamoré e anunciou: “Daqui a pouco vamos ao Forte Príncipe da Beira com a deputada Mariana Carvalho. “O Forte é um instrumento do equipamento turístico de Rondônia belíssimo, perene, que a partir do momento que consigamos entregá-lo como ele merece, tratado e cuidado, ele vai ficar para a eternidade, com potencial na geração de emprego e renda através do Turismo” disse o Ministro.

**********

Em seu discurso o Ministro Gilson Machado fez críticas a governos passados, que utilizaram dinheiro público para favorecer a anti-cultura.

**********

Coisas absurdas eram feitas com dinheiro público. Vou dar um exemplo: Quem não se lembra de uma peça chamada “Lebet” no Museu de Arte Moderna de São Paulo na qual crianças tocavam no corpo de um homem nu? Custou aos cofres públicos SEIS MILHÕES DE REAIS. Peças de teatro com dinheiro público no meio da rua, que faziam até questionamento da forma de como Jesus Cristo tinha vindo a terra. “Jesus Cristo a Rainha da Terra”. Acreditem, foi paga com dinheiro público. Com dinheiro privado, os senhores façam o que quiserem, eu dou meu sangue pela democracia, eu dou meu sangue pela sua liberdade de expressão, mas, libertinagem e uso do recurso público, isso não se pode admitir”.

************

E prosseguiu: É isso que esse governo está fazendo, devolvendo equipamento como fizemos agora na Bahia: Entregamos Três Templo Religiosos Católicos totalmente revitalizados. Nos últimos 15 dias, devolvemos oito Templos à Sociedade, que vão servir como monumento perene e agregação de emprego e renda pra população, através do Turismo Histórico, Cultural e Religioso.

***********

“Governador, o Presidente Bolsonaro sabe da sua condução aqui e mandou lhe parabenizar pessoalmente pelo fato do senhor ter tido uma condução exemplar. Rondônia é um dos estados que menos houve perda de emprego, na condução da pandemia”.

*********

O operador turístico hoje, tem mais medo do Decreto do que da própria doença. Vou dar um exemplo: “Tenho uma pequena pousada em São Miguel dos Milagres em Alagoas e faltando cinco dias para o feriado de Corpus Christi quando vi, as reservas feitas na pousada Beira Mar, foi decretado Lokdou no meu estado e os turistas não puderam ir à praia, as reservas caíram, eu estava com o estoque pronto pra receber, a Banda que eu já tinha pago a metade do cachê pra ela vir tocar. Tive que arcar com o prejuízo”.

**********

É isso que a gente tem visto, uma politização desnecessária que está atrapalhando todo nosso País. Recebemos na sexta feira passada o título da Organização Mundial do Turismo, fomos incluídos no Conselho Executivo da Organização. Se o Brasil não estivesse tendo uma condução exemplar na crise da Covid, nós não teríamos entrado no Conselho Internacional do Turismo.

**********

O que a imprensa (em parte), esta fazendo contra o País, não digo nem contra o Presidente Bolsonaro porque esse já está com casca grossa, mas, é contra o brasileiro, contra a geração de emprego, denegrindo a imagem do nosso País lá fora. Estava há 45 dias em Madri numa reunião na Organização Mundial do Turismo e um grupo de investidores espanhóis, estavam indo a Cuba para comprar uma área e fazer uma cadeia de hotéis. Eu os convenci a vir ao Brasil, eles perguntaram: E o Brasil não acabou não, depois do fogo na Amazônia? Eu disse Oxente! Vamos lá comigo. Pegamos um avião fomos a Santarém no Pará e lá eles viram a mentira que tinham falado do nosso País. Eles então perguntaram: “Como é que vocês deixam sair na imprensa lá fora uma aberração dessas”? Eu disse a eles: O nosso País é responsável por apenas 3% das emissões de Carbono, sua matriz energética é 106% oriundo de energia limpa, renovável.

***********

O mundo todo tem medo do Brasil, porque a lapada que o Brasil dá no resto do mundo é grande. Quando botam um cartaz do Brasil e de outro País, principalmente do Turismo de Natureza, é que a gente humilha mesmo. Infelizmente, os senhores da imprensa só divulgam coisas que denigrem nosso País. Os senhores tem o dever patriótico de falar bem do nosso País e dizer que a Amazônia não pegou fogo.

***********

Quero cumprimentar a minha deputada federal Mariana Carvalho minha amiga e dizer a  Mariana que temos um desafio muito grande no nosso governo: É mostrar o Brasil para os Brasileiros. Talvez os senhores não saibam, o Brasil é um País que exporta turistas. O Brasil manda para o exterior 11 milhões de turistas por ano, mais do que uma Suíça que tem nove milhões de habitantes. Por força da Pandemia, estes turistas estão descobrindo o Brasil que não conheciam. O Brasil da Pesca Esportiva, o Brasil das Pousadas de Charme, o Brasil dos Barcos Hotéis na capilaridade hibrida da bacia do Amazonas.

***********

Hoje a gente não consegue mais dissociar Turismo de Meio Ambiente. Se o Meio Ambiente não tiver preservado o Turista não volta. A Amazônia preservada é o maior ativo que temos hoje, porque o mundo todo não está mais preservado e a matriz econômica para a Amazônia, é sim o Turismo.

**********

Quero saudar meu amigo Superintendente de Turismo aqui de Rondônia o Gilvan. Dizer que queria que todos os estado brasileiros, tivesse um encarregado do Turismo feito o que você tem governador Marcos. Quero dizer uma coisa: Se o governador um dia não quiser mais você Gilvan, você está comigo lá no Ministério e você escolhe onde quer ficar.

***********

Nunca teve tanto recurso pra combater uma epidemia, nunca teve tanto recurso até para restruturação. Por quê? Porque antes o dinheiro do brasileiro ia pra Cuba, ia pra Venezuela, ia pra Argentina, ia pra África, ia pra casa da peste, só não ficava no Brasil da gente.

**********

Quero saudar o deputado Alan Queiroz. Dizer que nosso governo tem perfeita ciência de que quem cria o emprego é o empresário, que bota o seu na reta. Nosso governo está aqui para desatrapalhar o empresário e estamos fazendo isso com ações.

**********

Quero saudar o vereador historiador Alecks Palitot. Dizer que você como educador tem uma missão importantíssima que é lutar para que a história, a cultura de Rondônia nunca fique no esquecimento, porque povo que não tem história não vislumbra o futuro.

***********

Márcio Poeta eu queria lhe levar para Paris, Alemanha e discutir com os poetas de lá sobre as riquezas de seus países e comparar com o nosso. A Lapada ia ser muito grande. Obrigado. 

 

Autor e Fonte: Sílvio Santos – Zé Katraca

Desenvolvido por Argo Soluções